A região norte é o portão de entrada de São Paulo para a maioria dos visitantes que chegam de ônibus na cidade. Ali está o Terminal Rodoviário do Tietê, entre os mais movimentados do mundo. Atende mais de 600 localidades no Brasil e quatro países: Uruguai, Paraguai, Chile e Argentina.

Bem ao lado do terminal, encontra-se o Arquivo do Estado, considerado o paraíso dos estudiosos. Oferece gratuitamente o serviço de consulta de jornais e revistas, dos mais antigos aos atuais. A grande atração, porém, são as fichas dos investigados do antigo Deops, disponíveis em microfilme.

Para quem prefere relaxar, o Largo da Freguesia do Ó é o ideal. Com uma igreja no meio, parece uma praça do interior encravada em plena capital paulista. É rodeada por bares e tem uma tradicional festa do Divino (maio).

 

Quem prefere festas pagãs também tem opções na região. Ali concentram-se as quadras de várias escolas de samba: Império da Casa Verde, Mocidade, Rosas de Ouro, Unidos do Peruche etc. A região também é pródiga em áreas verdes. O Horto Florestal e o Parque Estadual da Serra da Cantareira são alguns exemplos disso. Um dos parques mais interessantes da capital, a Cantareira tem trilhas ecológicas e cachoeiras.

Comentar


Código de segurança
Atualizar